Angola e Moçambique entre os principais destinos de investimento estrangeiro na África

    Durante no ano de 2015, Angola e Moçambique ficaram entre os dez principais destinos de investimento estrangeiro na África, apesar de terem atraído menos capital do que no ano anterior. A informação foi divulgada pelo relatório “The Africa Investment Report 2016”, publicado em setembro pelo jornal britânico Financial Times.

    Segundo o estudo, Moçambique foi o terceiro maior destino do continente africano no ano passado, quando recebeu cerca de US$ 5,1 bilhões em investimentos provenientes de outras nações. O país destacou-se também como a sétima economia africana a receber mais projetos de investimento estrangeiro, com um total de 29 empreendimentos.  O documento, ainda, ressaltou Moçambique como a economia africana que mais evoluiu em termos de logística. Por outro lado, o país registrou uma queda de 42% do investimento estrangeiro atraído.

Leia também: Angola convida ao investimento em projetos de Turismo e Hotelaria

Leia também: Grupo português Sonae compra lojas de varejo alimentar em Moçambique

    Angola, por sua vez, foi o sétimo principal destino de investimentos estrangeiros no continente africano, atraindo um total de US$ 2,1 bilhões em 2015. Esse valor, no entanto, é 83% menor do que o registrado em 2014, quando a economia angolana ocupava a segunda posição no ranking.

Leia também: Companhia aérea angolana TAAG retomará voos para Moçambique

    O relatório também ressaltou Cabo Verde como um dos países africanos com os melhores índices de estabilidade política e gestão governamental.

    O estudo “The Africa Investment Report” é elaborado anualmente pelo Financial Times a partir das bases de dados fDi Markets e Analyse Africa.

PUBLICIDADE

Acompanhe a Mercados & Estratégias