Cabo Verde busca investimentos em seis projetos hoteleiros

    Em 15 de fevereiro, o Governo de Cabo Verde apresentou o Afroverde 1, fundo de investimento que pretende atrair cerca de € 100 milhões para seis projetos hoteleiros no país. A apresentação teve lugar em Luxemburgo e foi chefiada pelo primeiro-ministro cabo-verdiano, José Maria Neves.

    Os seis projetos são localizados nas ilhas de São Vicente, Santo Antão e São Nicolau. A comitiva de Cabo Verde destacou dois empreendimentos na Baía das Gatas, em São Vicente, que tem como público-alvo os estrangeiros que pretendem se aposentar no país. Esses dois projetos consistem em conjuntos de vivendas e casas geminadas e incluem um campo de golfe projetado por Ernie Els, ex-campeão mundial desse esporte.

    José Maria Neves afirmou que os seis projetos fazem parte do plano do Governo para diversificar a oferta turística do país. O primeiro-ministro ressaltou o potencial turístico de Cabo Verde baseado na segurança, no clima privilegiado e na proximidade cultural com a Europa. O país recebe 600 mil turistas por ano e pretende dobrar esse fluxo até 2021.

    O Afroverde 1 será sediado em Luxemburgo e sua gestão ficará a cargo da empresa Afroverde Capital Partners. Depois de Luxemburgo, a comitiva cabo-verdiana passará por Portugal e França para apresentar o fundo financeiro. Fonte: Luxemburger Wort.

Sugerigo:

Português Sana Hoteis anuncia expansão para Cabo Verde

Internacionalizar Empresas na CPLP: 3 aspectos importantes

Acompanhe a Mercados & Estratégias