Cerveja portuguesa Sagres será produzida em Angola até o início de 2017

    Até o início de 2017, o grupo português Sociedade Central de Cervejas e Bebidas (SCC) começará a produzir a cerveja Sagres em Angola. A informação foi anunciada pelo presidente da SCC, François-Xavier Mahot, em entrevista ao jornal português Expresso.

Leia também: Portuguesa Jetclass abre loja de móveis de luxo em Angola

    Segundo Mahot, as exportações da SCC para Angola sofreram uma queda de mais de 75% nos últimos anos. No entanto, o empresário acrescentou que o grupo português mantém forte interesse no mercado angolano, focando no longo prazo uma vez que as exportações para Angola já sofreram outros períodos de volatilidade no passado.

Leia também: Portuguesa Sicasal abrirá fábrica de transformação de carne suína em Angola

    Mahot explicou, ainda, que a produção da Sagres em Angola será realizada por meio de um acordo de produção local assinado com a Sociedade de Distribuição de Bebidas de Angola (Sodiba). Não foram divulgados valores de investimento.

Leia também: Angola e Moçambique geraram 78% do lucro do banco português BPI até junho de 2016

    A expansão para o mercado angolano não é um plano novo da SCC. Em 2013, o então presidente do grupo, Ronald den Elzen, havia anunciado ao jornal português Público que a Sagres começaria a ser produzida em Angola em 2015 ou 2016.

PUBLICIDADE

Acompanhe a Mercados & Estratégias