Do Brasil para o Mundo e Do Mundo para o Brasil, por José Villa Cardoso

Do Brasil para o Mundo e Do Mundo para o Brasil

Três conceitos de como internacionalizar uma empresa, produto ou serviço brasileiro e três abordagens para que uma empresa estrangeira tenha sucesso neste mercado de 200 milhões de consumidores.

    Todos sabemos que o Brasil tem produtos de excelência e aquilo que faz está ao nível do melhor que há no mundo. O grande desafio para uma empresa brasileira ter sucesso consiste em dominar os novos fatores de diferenciação e as novas formas de comunicar.

Produtividade: É fundamental que os negócios sejam muito bem geridos, que produtos e serviços tenham boas margens de comercialização para serem competitivos. Desta forma, temos de conhecer os nossos KPI’s (Indicadores Chave de Performance) para que possamos reduzir custos, otimizar processos e aumentar vendas.

Modernidade: Um colega meu de São Paulo, Ricardo Jordão Magalhães diz que é preciso ter “uma nova visão sobre as mesmas coisas” e, de facto, em 2016 não podemos ser como no Séc. XX. O empresário moderno tem de usar as autoestradas da comunicação, tem de estar nos media sociais, tem de usar o CRM para a sua atividade comercial, tem de ter uma imagem moderna e deve apoiar-se nos consultores de comunicação e nos social media experts para ter uma empresa verdadeiramente engajadora.

Flexibilidade: Se você olhar para grandes marcas mundiais verifica que elas estão constantemente a apresentar novosprodutos ou serviços e constantemente a introduzir novas funcionalidades aos que já têm disponíveis. É importante ter uma visão de negócio na perspetiva do mercado, fazendo todos os ajustes necessários para comunicar bem. O consumidor é que manda. As empresas/marcas têm de estar onde está o consumidor e falar a sua língua.

DO MUNDO PARA O BRASIL

    Se pretende expandir o seu negócio para o Brasil deixamos-lhe aqui de uma forma muito breve três considerações fundamentais.

Um país, vários mercados: Existem grandes diferenças de estado para estado e mesmo dentro dos estados a diferença é muito visível. Até na mesma cidade. Apesar de a língua ser a mesma as diferenças culturais são de facto muito grandes no próprio país e muito maiores quando comparadas com outros países. A adaptação terá de ser grande e o conhecimento destas especificidades é fator relevante de sucesso.

Maior dimensão, maior risco: Existe uma maior dificuldade em fazer negócios em mercados de grande dimensão e por isso deve segmentar a sua abordagem e procurar apostar numa determinada zona que seja exequível e, a partir daí, fazer um crescimento sustentável.

Parceiros locais para ganhos universais: Ter um parceiro no Brasil é a solução ideal e a melhor forma de garantir o sucesso. A experiência e o conhecimento do mercado são fundamentais, assim como a adaptação às especificidades do consumidor brasileiro que apenas um parceiro local pode ter.

CONSULTORIA PARA NEGÓCIOS

> Se tem negócios no Brasil e quer conquistar a Europa ou os países da CPLP deve fazer uma análise das potencialidades e requisitos para internacionalizar a sua empresa produto ou serviço.

> Se tem um negócio que já é de língua portuguesa porque não tirar partido de um mercado de 200 milhões de consumidores como é o Brasil onde existem muitas mais possibilidades?

Para um caso ou para outro posso ajudá-lo a si e à sua empresa a realizar os seus sonhos.

Sugerido:

Brasil: o cenário econômico atual

Brasileiros investem em 50 fazendas no Sudeste de Angola

Internacionalizar Empresas na CPLP: 3 aspectos importantes

Acompanhe a Mercados & Estratégias