Guiné Equatorial propõe parceria com São Tomé e Príncipe para exploração petrolífera

    O presidente da Guiné Equatorial, Teodoro Obiang, propôs ao Chefe de Estado de São Tomé e Príncipe, Manuel Pinto da Costa, uma parceria para a exploração conjunta de petróleo na fronteira entre os dois países. A declaração ocorreu no âmbito da visita de Obiang ao arquipélago santomense, entre os dias 18 e 20 de outubro.

    A proposta apresentada pela Guiné Equatorial prevê a criação de uma empresa mista entre os dois Governos a fim de dividir a administração da exploração petrolífera na fronteira marítima entre as duas nações.

    Durante uma conferência de imprensa no dia 18 de outubro, Obiang defendeu que os recursos da exploração petrolífera são a única solução para São Tomé e Príncipe alavancar seu desenvolvimento.

    Nos últimos anos, duas grandes petrolíferas já abandonaram São Tomé e Príncipe alegando a inexistência de petróleo em quantidades comerciais. Obiang, por outro lado, ressaltou que a Guiné Equatorial passou pela mesma situação antes de se tornar um dos maiores produtores de petróleo do mundo. O governante acrescentou que já foi feita uma prospecção que apontou a presença de uma grande reserva petrolífera na fronteira marítima entre a Guiné Equatorial e São Tomé e Príncipe. 

Fonte: Téla Nón. Imagem: Distribuição Petrobras / A Br.

Acompanhe a Mercados & Estratégias