Os 10 maiores exportadores do Brasil em 2016

 

    Durante o ano de 2016, o Brasil exportou um total de US$ 185,2 bilhões para o resto do mundo. Dentre os produtos mais exportados, destacaram-se a soja, os minérios de ferro, o açúcar, o petróleo bruto e as carnes. A Mercados & Estratégias teve acesso ao valor total exportado por cada empresa brasileira e constatou que 342 entidades venderam, cada uma, mais de US$ 100 milhões ao exterior durante o ano passado. Apresentamos abaixo as 10 empresas brasileiras que mais exportaram em 2016.

 

1ª – Vale

Uma das maiores mineradoras do mundo, a Vale é líder mundial na produção de minério de ferro, pelotas e níquel. Principalmente graças a enormes vendas da empresa para o mercado chinês, a Vale é a maior exportadora brasileira desde 2013, quando passou a Petrobras.

Mina de carvão da Vale. Foto: Agência Vale.

2ª – Embraer

Uma das maiores empresas aeroespaciais do mundo, a Embraer exporta equipamentos, aeronaves e suas peças, principalmente para Estados Unidos e China.  A empresa chegou a ocupar a primeira posição no ranking no final da década de 1990 e no início da década seguinte. Em 2016, a Embraer subiu três posições na comparação com 2015, quando foi a quinta maior exportadora do país.

Fábrica da Embraer. Foto: Divulgação Embraer.

- Continua depois da publicidade -

- - -

3ª – Petrobras

 

Uma das maiores empresas do mundo, a Petrobras opera no segmento energético, principalmente nas áreas de exploração, produção, refino, comercialização e transporte de petróleo, gás natural e seus derivados. A empresa exporta principalmente para Estados Unidos e China, mas possui presença de peso na pauta exportadora brasileira para dezenas de países. Após anos seguidos na primeira posição, a Petrobras caiu para a segunda posição em 2013 e para a terceira em 2016.

Plataforma petrolífera da Petrobras. Foto: Divulgação Petrobras.

4ª – GE Celma

 

Subsidiária da multinacional General Electric, a GE Celma é a maior unidade de revisão e manutenção de motores aeronáuticos da América Latina. O empreendimento exporta principalmente para Estados Unidos. Em 2016, a GE Celma subiu 10 posições na comparação com 2015, quando foi a 14ª maior exportadora do Brasil.

Fábrica da GE Celma. Foto: Comunicação GE.

Leia também: 7 mudanças no comércio exterior do Brasil em 2016

Leia também: O cenário econômico brasileiro atual

Leia também: As 10 empresas brasileiras que mais importaram em 2016

5ª – BRF

 

Maior exportadora de carne de frango do mundo, a BRF apresentou um acelerado crescimento das exportações nos últimos anos continua com investimento de peso para aumentar ainda mais as operações no exterior. A empresa exporta principalmente para a China, embora tenha uma presença forte na pauta exportadora brasileira para dezenas de países. Em 2016, a BRF subiu três posições no ranking das maiores exportadores brasileiras.

Fábrica de  processamento de carne de frango da BRF. Divulgação BRF.

6ª – Raízen

 

Uma das maiores empresas energéticas do mundo, a Raízen é líder na moagem de cana de açúcar e na produção de etanol no Brasil, além de ser a terceira maior distribuidora de combustíveis. A empresa exporta principalmente para Estados Unidos e subiu 22 posições no ranking em 2016.

7ª – Brasfels

 

Maior infraestrutura marítima da América Latina, o Brasfels é o estaleiro brasileiro do Keppel Fels, grupo de construção de embarcações original de Cingapura. Situado em Angra dos Reis, no estado do Rio de Janeiro, o estaleiro é especializado em reparos offshore e construções de grande porte, com destaque para semissubmersíveis. Suas exportações são destinadas principalmente a Cingapura. Em 2016, o Brasfels foi a empresa brasileira que mais subiu no ranking, uma vez que em 2015 ocupava a 48ª posição.

Vista aérea do estaleiro Brasfels. Foto: Google.

8ª – ArcelorMittal Brasil

 

Investimento do grupo ArcelorMittal, o maior produtor de aço do mundo, a ArcelorMittal Brasil possui 29 unidades de produção e beneficiamento de aço em território brasileiro. A empresa exporta principalmente para os Estados Unidos. A ArcelorMittal Brasil subiu sete posições na comparação com 2015, quando foi a 15ª maior exportadora do país.

Bobinas na unidade da ArcelorMittal em Tubarão. Foto: Divulgação ArcelorMittal..

9ª – Alunorte

 

Localizada no estado do Pará, a Alunorte é a maior refinaria de alumínio do mundo. O empreendimento exporta principalmente para Estados Unidos e Emirados Árabes Unidos. Em 2016, a Alunorte subiu 10 posições no ranking dos maiores exportadores do Brasil.

 

Refinaria de Alunorte. Foto: Norsk Hydro.

10ª – CBMM

 

Maior produtora de nióbio do mundo, a Companhia Brasileira de Metalurgia e Mineração (CBMM) também é a única empresa a atuar em todos os segmentos do mercado desse metal. A companhia exporta principalmente para os Estados Unidos. Em 2016, a CBMM pulou 12 posições na comparação com 2015, quando ocupava o 22º lugar.

Sede da CBMM em São Paulo. Foto: Google.

 

Elaboração: Mercados e Estratégias com base em dados do Ministério da Indústria, Comércio Exterior e Serviços do Brasil. Por respeito ao sigilo comercial, a Mercados & Estratégias não pode divulgar o valor exato exportado por cada empresa.

Acompanhe a Mercados & Estratégias