Portuguesa Sicasal abrirá fábrica de transformação de carne suína em Angola

    A portuguesa Sicasal, empresa especializada no abate e na transformação de carne suína, passará parte da sua produção para Angola. A informação foi anunciada pelo presidente do Conselho de Administração da empresa, Álvaro dos Santos Silva, durante entrevista à agência Lusa em 28 de julho.

    De acordo com o administrador, a empresa já investiu cerca de US$ 10 milhões no mercado angolano para a aquisição de equipamentos e de um espaço de 10 mil metros quadrados em Viana, localizada nos arredores da capital Luanda. Esse espaço, que hoje consiste em um armazém onde já trabalham 60 funcionários, deverá funcionar como um centro de transformação parcial dos produtos da Sicasal nos próximos anos.

    Silva acrescentou, ainda, que a transferência da produção para Angola é uma reação à recente queda de 50% do valor das exportações da Sicasal para o país africano. A empresa pretende exportar matérias-primas para transformar em Angola no curto/médio prazo e avançar para a criação de animais no mercado angolano no longo prazo.

    A Sicasal exporta há 30 anos para Angola, com destaque para produtos enlatados e carne de porco congelada.

Leia também:

Angola e Moçambique geraram 78% dos lucros do banco português BPI no primeiro semestre de 2016

Angola aumenta taxa de juros em dois pontos percentuais

PUBLICIDADE

Acompanhe a Mercados & Estratégias