Portuguesa TAP retomará voos para a Guiné-Bissau

    A companhia aérea portuguesa TAP retomará voos para a Guiné-Bissau a partir de 1º de dezembro. A informação foi divulgada em comunicado à imprensa publicado pela empresa em 22 de agosto.

    Segundo do comunicado, a inclusão de Bissau na rede de voos da transportadora faz parte da estratégia atual de reforçar o posicionamento da TAP no continente africano, considerado um dos seus mercados estratégicos. Após a retomada, os voos para a Guiné-Bissau serão realizados duas vezes por semana.

Leia também: Como fazer um plano de negócios à Secúlo XXI, por José Villa Cardoso

    A TAP havia suspendido todos os seus voos para a Guiné-Bissau em 2013, quando autoridades do país africano obrigaram um comandante da companhia a transportar para Lisboa passageiros que viajavam com documentos falsos.

Leia também: Entrevistamos o presidente da Câmara de Comércio Portugal - Guiné-Bissau

    O comunicado também anunciou que a TAP também já tem programado o reforço da sua oferta para Cabo Verde e São Tomé e Príncipe. Até o final de 2016, a empresa prevê aumentos de oito voos semanais para cidades cabo-verdianas e de uma ligação por semana para São Tomé.

Leia também: Um retrato da economia da Guiné-Bissau hoje

    Com a abertura de voos para Bissau, a TAP passará a oferecer um total de 14 destinos no continente africano.

PUBLICIDADE

Acompanhe a Mercados & Estratégias